Complexo de Piscinas da Vila dos X Jogos Pan Africanos, em Maputo, Moçambique

Regressar aos posts »

A Newton desenvolveu o projeto de fundações e estruturas do complexo das Piscinas da Vila dos X Jogos Pan Africanos, em Maputo, que compreendeu a construção de duas piscinas olímpicas, assim como as bancadas envolventes, coberturas, e todos os espaços de apoio necessários.

As piscinas têm dimensões em planta de 20x50 [mxm] e 25x50 [mxm], e uma profundidade média de cerca de 2.2m.

As lajes de fundo das piscinas e das bancadas (ensoleiramento geral) apoiam-se diretamente sobre uma camada de base, composta por solo compactado, solo-cimento e laje em betão armado, sendo as paredes das piscinas realizadas em painéis metálicos pré-fabricados justapostos, apoiados e escorados na laje de fundo, fornecidos pelo fabricante Myrtha Pools.

 

 
Fig. 1 – Pormenor de Projeto: Ações das paredes da Piscina (Myrtha Pools) transmitidas à laje de Fundo.

 O material mais utilizado no projeto de Fundações e Estruturas e previsto para a construção das bancadas, lajes dos pisos de acesso, escadas, núcleos de elevadores, paredes, etc., foi o betão colocado in-situ armado, sendo que os degraus da bancada foram pré-fabricados em betão armado. A estrutura das bancadas adotada no projeto consistiu numa malha porticada nas duas direções.

A cobertura das bancadas foi materializada no projeto por um sistema de pórticos principais afastados de 10m, compostos por vigas metálicas, de altura variável (HEB700 com altura na extremidade igual a 30cm), com vão em consola de 10m, apoiadas em pilares de betão armado. Nestas vigas principais apoiam-se as madres de cobertura (HEB200, IPE200 ou UNP200, consoante a zona da cobertura em questão) afastadas aproximadamente de 1.85m.


Fig. 2 – Modelo 3D, de parte da estrutura da bancada, desenvolvido.

Foi, ainda, previsto no projeto a execução de uma cantoneira previamente fixada na face exterior das lajes de cada piso (testa da laje, com altura igual a 25cm) para constituir apoio às paredes de fachada das bancadas, materializadas por paredes de alvenaria de blocos de betão leve vazados (espessura da parede igual a 20cm).

Todo o conjunto edificado será vedado no seu perímetro por intermédio de painéis pré-fabricados de betão (espessura igual a 10cm e altura máxima de cerca de 4m).

Relativamente às condições litológicas do local de implantação do empreendimento, o maciço interessado é caracterizado por areia fina, siltosa e solta.

Desta forma, e dada a dificuldade em conseguir realizar fundações indiretas profundas em tempo útil para a obra, o projeto de fundações e estruturas apresenta a solução de fundações diretas no caso da estrutura das bancadas por intermédio de um ensoleiramento geral, e uma laje de fundação para as piscinas.

Para melhorar as condições do maciço interessado, nomeadamente a sua compacidade, foi previsto no projeto um tratamento do solo de fundação caraterizado pela compactação prévia do solo de fundação com um cilindro vibro-compactador acompanhado por rega e pela realização de camadas de aterro estruturais até se atingir a cota da laje de fundação.

 

Fig. 3 - Vistas interiores da bancada paralela à piscina olímpica principal.


Fig. 4 – Vistas interiores da bancada paralela à piscina olímpica principal.

 

Dados gerais da obra de Engenharia

Âmbito: X Jogos Pan Africanos, decorreram entre os dias 3 e 18 de Setembro de 2011.

Local do Obra: Maputo, Moçambique

Dono-de-obra: COJA – Comité Organizador dos Jogos Africanos

Construtor: Consórcio Mota-Engil / Soares da Costa

Cliente: Mota-Engil / Soares da Costa

Projeto de Engenharia desenvolvido pela Newton: Projeto de Fundações e Estruturas

 

Regressar aos posts »

José Carlos Lino

José Carlos Lino
jclino@newton.pt

07 Novembro 2011